O retrocesso parlamentar pode extinguir direitos conquistados com muita luta


O que está sendo feito nas reformas e nas PECs é como se passasse a borracha apagando os Direitos da constituição cidadã. É a ruptura de um sistema constitucional e isso é muito grave. Mudar as escolhas de uma sociedade por meios de PECs que são tratadas dentro de gabinetes fechados, com ideias mirabolantes de pessoas que não tem o menor compromisso com o povo, na arrogância surda do parlamento.

Estão desprestigiados os direitos sociais, a educação, a saúde, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e a infância, a assistência aos desamparados. É PEC que limita os gastos, PEC da reforma da previdência e a trabalhista e o acesso a todos esses direitos é um verdadeiro sacrifício que acaba por limar à dignidade da pessoa humana.

É bom ressaltar que o estado tem o dever de proporcionar aos indivíduos o pleno exercício dos direitos sociais, para que possam viver com dignidade. O ideal é que haja um desenvolvimento progressivo de acesso aos direitos sociais, mas o que a gente está vendo na verdade é um retrocesso social inadmissível. Fiquem atentos !


0 comentário